Central de Atendimento: 11 2976-1282 | 11 3804-5194 | Blog Especial Chocolates

Pani di Toni – A história do Panetone

Pani di Toni – A história do Panetone

Pani di Toni – A história do Panetone

Pani di Toni – A história do Panetone

Existem várias lendas sobre a origem do Panetone, com origem em Milão, na Itália, o  Panetone foi inventado na corte de Ludovico, na véspera de Natal, entre os anos de 1494-1508.

Conta a lenda que em um Natal, a sobremesa que havia sido preparada para o banquete queimou ao ser assada. Um dos empregados da cozinha, chamado Antonio, havia preparado uma massa com sobras de ingredientes que pretendia levar para sua casa. Sem outra opção, ofereceu sua massa como sobremesa para a corte. A sobremesa foi tão apreciada que Ludovico perguntou qual o nome da iguaria. O jovem Antonio, chamado para responder a pergunta de Ludovico, disse que a sobremesa não tinha nome. Ludovico resolveu chamá-la de “Pani de Toni”, dando origem ao nome.

O Panetone é tão importante na Itália que sua receita é protegida por lei. Para ser chamado de Panetone ele deve obedecer regras e quantidades específicas de seus ingredientes: Farinha, Ovos, Sal, Açúcar, Fermento e claro as Frutas.

A chegada do Panetone ao Brasil coincide com a Segunda Guerra Mundial, com a chegada dos imigrantes italianos, repassada de pai para filho, de geração em geração.

Garantir uma boa fermentação é o primeiro passo para um bom panetone, a formação da esponja (mistura de água, farinha e fermento biológico), que descansa ao longo do dia para depois adicionarmos os ovos, manteiga e as frutas cristalizadas, gotas de chocolate e outras combinações deliciosas que inventamos por aqui em terras brasilis. O Panetone da Doce Pecado é produzido com a receita tradicional italiana. Sua fermentação é feita ao longo de todo um dia e com um toque especial que só aqui você encontra. Chocolate, Castanhas, Amêndoas e Laranja, recheados com nossas deliciosas ganaches ou em sua massa tradicional. A opção perfeita de presente neste Natal.

docepecado

0 Comentários

Escreva sua experiência...