Central de Atendimento: 11 2976-1282 | 11 3804-5194 | Faça seu Login | Blog Especial Chocolates

O nosso chocolate

O nosso chocolate

O nosso chocolate

O nosso chocolate

Como toda receita de sucesso, aqui na Doce Pecado contamos com a técnica
perfeita da nossa chocolatier Joice e os melhores ingredientes disponíveis e acessíveis ao mercado brasileiro. Os nossos fornecedores são escolhidos, de forma muito cuidadosa e observando um dos nossos princípios mais rígidos: trabalhamos com empresas que respeitam as
pessoas de todas as maneiras – seja na relação e cuidado quando preparam seus produtos, seja no apoio a produtores de cacau. O nosso chocolate de origem belga é superior em qualidade e a textura, aroma e sabores são diferenciados proporcionando uma experiência inesquecível.

O chocolate, tal como é consumido hoje, é resultado de sucessivos aprimoramentos realizados desde o início da colonização da América.
O produto era consumido pelos nativos na forma de uma bebida quente e amarga, de uso exclusivo da nobreza. Os europeus passaram a adoçar e a misturar especiarias para adequá-lo ao seu gosto. Com o desenvolvimento dos processos industriais e técnicas culinárias, surgiu o chocolate com leite e depois na forma sólida.

A cultura do cacau é considerada intensiva no uso da mão de obra, pois necessita de trabalhos manuais ao longo de todo o processo. Quase toda a produção provém de pequenas propriedades cultivadas por 3,5 milhões de pequenas famílias em todo o mundo. A colheita é manual: os frutos não amadurecem ao mesmo tempo, além disso, deve ser feita cuidadosamente para evitar danos à camada externa do caule, pois esses danos permitem a infiltração de pragas. Em seguida ocorre a secagem.

A melhor maneira de secar grãos é colocá-los sob o sol, após a secagem os grãos são cobertos por folhas de bananeira para fermentarem, processo importantíssimo para o desenvolvimento do sabor. Estas fases iniciais se realizam nos países produtores de cacau, e têm como missão preparar os grãos para o transporte às regiões produtoras de chocolate. Ao chegar às fábricas as amêndoas (como chamamos os grãos de cacau) são torradas. Esse é um passo crítico no desenvolvimento de aromas que provém diretamente da fabricação: o aroma de torrado. A torra por um curto período de tempo em alta temperatura, que produz um forte sabor de chocolate, ou a torra
lenta em temperaturas mais brandas, o que permite a manutenção de sabores
mais delicados.

As versões de chocolates:
– Chocolate amargo: Neste caso existem as variações amargo (acima de 66%
de teor de cacau), meio amargo (entre 40 e 65%).

– Chocolate ao leite: leva na sua formulação leite. Neste tipo os teores de cacau estão entre 28 e 40%.

– Chocolate branco: feito com manteiga de cacau, leite, açúcar e lecitina, podendo ser acrescentados aromas como o de baunilha. Foi criado apenas no século XX. É o mais doce e de textura bem cremosa.

Nas próximas semanas iremos contar mais um pouco dessa História Maravilhosa sobre o Alimento dos Deuses.

docepecado

0 Comentários

Escreva sua experiência...