Central de Atendimento: 11 2976-1282 | 11 3804-5194 | Faça seu Login | Blog Especial Chocolates

A simbologia do Chocolate no Dia das Mães

A simbologia do Chocolate no Dia das Mães

A simbologia do Chocolate no Dia das Mães

A simbologia do Chocolate no Dia das Mães

Os historiadores sabem que, na Antiguidade, festivais e celebrações aconteciam como homenagem às figuras maternas. Desde tempos muito remotos, as mães são enxergadas como figuras importantes dentro da família e da sociedade.

O Dia das Mães, moderno, surgiu no início do século XX, e sua criação foi uma homenagem a Ann Jarvis. Uma norte-americana ativista que dedicou sua vida a obras de caridade, sobretudo aquelas realizadas durante um dos períodos mais conturbados da história norte-americana: a Guerra de Secessão.

Ann Jarvis dedicou-se totalmente ao trabalho social. Ela fazia parte de uma igreja metodista e passou a trabalhar, a partir da década de 1850, na conscientização das famílias na região onde morava, Virgínia Ocidental, a respeito da importância de manter-se boas condições de higiene. Suas ações estavam ligadas ao Mother’s Day Work Clubs.

Durante a Guerra Civil Americana, Ann Jarvis ajudou socorrendo soldados que lutavam dos dois lados do conflito. Ela forneceu alimentos para quem os necessitava e auxiliou no tratamento de doenças.

Depois da guerra, Ann Jarvis participou de ações que buscavam reconciliar as pessoas que lutaram umas contra as outras. Ann Jarvis juntou-se a mais mães e idealizou o Mother’s Friendship Day (Dia das Mães pela Amizade), um dia para unir as famílias que tinham lutado nos diferentes lados da guerra e realizar ações que promovessem a amizade e fraternidade entre elas.

Ann Jarvis viveu até 1905 na Filadélfia, com sua filha Anna Jarvis. Faleceu, em 9 de maio e tempos depois, Anna Jarvis resolveu idealizar uma data para homenagear sua mãe. Nascia assim a ideia que deu origem ao Dia das Mães.

A proposta de Anna Jarvis para a criação do Dia das Mães foi idealizada em 1907 e colocada em prática, pela primeira vez, em 1908, como um memorial para a sua mãe. Em 1910, o estado da Virgínia Ocidental oficializou o Dia das Mães no segundo domingo de maio. Quatro anos depois, em 1914, o Congresso dos Estados Unidos aprovou a criação do Dia das Mães e sua implantação em todo o país.

O Brasil passou a comemorar o Dia das Mães, de maneira oficial, com o decreto nº 21.366, assinado em 5 de maio de 1932, por Getúlio Vargas. O estabelecimento dessa data no país foi resultado dos esforços realizados pelo movimento feminista brasileiro.

No entanto o primeiro registro de comemoração do Dia das Mães de que se tem conhecimento em nosso país é de 1918. Esse registro fala de uma celebração do tipo realizada em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul.

Aqui na Doce Pecado, uma empresa criada em família, por mulheres fortes e determinadas – temos um carinho muito especial por esta data. Avós, Tias, Mães e filhas somam-se para desejar a todas as mães  um tempo de paz e força, em tempos tão conturbados.

Para celebrar a data estamos lançando, este ano, o coração de colher – feito com muito carinho para celebrar com doçura o dia daquelas mulheres que são a base da nossa sociedade.

Feliz dia das Mães.

docepecado

0 Comentários

Escreva sua experiência...